social
Name
Contatos
Contact photo
Tel
(61) 3551 - 0908
E-mail
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
End
Quadra 06, Área Especial 2
Sobradinho - Distrito Federal
GoogleFacebookTwitter

Sociedades Internas

Administração

IPB Rádio

radio online

Portal IPB

Pessoas Online

Temos 32 visitantes e Nenhum membro online

HISTÓRIA DA PRIMEIRA IGREJA PRESBITERIANA EM SOBRADINHO - PIPS

 

 

A origem da Igreja Presbiteriana encontra-se na Reforma Protestante do século XVI. Ela é a correspondente calvinista na Grã-Bretanha da Igreja Reformada no continente europeu. Sua forma histórica mais característica provém da Igreja Calvinista Escocesa, fundada por João Knox no século XVI, e das Igrejas Puritanas Inglesas do século XVII. Desses países, o presbiterianismo expandiu-se para o mundo, sendo uma das denominações protestantes históricas mais conhecidas em países tão distintos como os Estados Unidos e Coreia do Sul.

No Brasil, o presbiterianismo foi estabelecido em 1859, na cidade do Rio de Janeiro pelo missionário norte-americano Rev. Ashbel Green Simonton.   

Em Sobradinho-DF, o presbiterianismo foi estabelecido nos idos de 1959. Os presbiterianos se reuniram na invasão do Lago Paranoá, em barracos de taboas, muito pobres, na medida em que as águas subiam os barracos submergiam sem tréguas, mais de cinco mil famílias estavam sendo expulsas pelas águas do grande lago na Vila Amaury.

Em 21 de junho de 1960 a primeira visita do Rev. Alfred Durand Sunderwirth, membro da Missão Presbiteriana, em Sobradinho, na ocasião Brasil Central, no campo missionário do leste de Goiás, em que falou com o administrador da cidade, Dr. Henrique Tomim, solicitando terreno para a construção da casa pastoral da Igreja.

Em 06 de agosto de 1960, o Rev. Alfred dirigiu o primeiro culto na residência do Sr. Raimundo Benedito de Freitas e de sua esposa D. Conceição Benedita de Freitas.

Em 30 de setembro de 1960, iniciou-se a construção da casa pastoral. Em 18 de outubro de 1960 o Rev. Alfred mudou-se para Sobradinho, residindo temporariamente na quadra 1.

Em 18 de dezembro de 1960, acontece 1ª profissão e batismo do Sr. José Vitorino da Fonseca.

Em 16 de dezembro de 1960, iniciou-se a construção do templo provisório, reunindo-se pela 1ª vez em culto no dia 25 de dezembro de 1960.

Em 19 de março de 1961, dá-se o 1º batismo infantil: Elias de Freitas, filho de Raimundo Benedito e Conceição Laura de Freitas.

Em 18 de abril de 1961, a família pastoral do Rev. Alfred, mudou-se para a nova casa pastoral na Q. 06 Conj. A Casa 03 -  que é a atual casa do pastor.

Em 08  de abril de 1962, assume o pastorado da igreja o Rev. James Nelson Wright.

Em 27 de maio de 1962, o presidente do Supremo Concílio da Igreja Presbiteriana do Brasil, Rev. José Borges dos Santos, visita a congregação e prega sobre Gn 1:26 “Façamos o homem”.

Em 20 de novembro de 1962, houve a 1ª bênção matrimonial, sobre os irmãos Darcy J. da Fonseca e Deuselina Castro.

Em 25 de novembro de 1962 acontece a instalação e organização da Igreja Presbiteriana em Sobradinho, pelo Presbitério de Brasília, com 47 membros professos e 41 não-comungantes. Encerra-se o ano de 1962 a 1963 com 121 alunos matriculados na Escola Dominical.

Composta pelos pastores  Rev. James Nelson Wright, Rev. Eudaldo Silva Lima e Presbíteros Salém de Souza e Luthero Vieira, a Comissão nomeada pelo Presbitério de Brasília – PBSA, organizou e instalou os primeiro Conselho da igreja formado pelos Presbíteros: 1º-Joaquim Severino Carlos; 2º-José Vitorino da Fonseca;  3º-Sebastião Pilalga Rodrigues; 4º-José Pedro Lima. Primeiros diáconos: 1º-Adolfo Ferreira Souza; 2º  -Josué Gomes Brito; 3º- Raimundo Benedito de Freitas; 3º-Darcy Joaquim da Fonseca; 4º-Valdir Santos.

 

ROL DE PASTORES 

Durante os cinqüenta anos de sua existência, a Primeira Igreja Presbiteriana em Sobradinho contou com os seguintes pastores titulares:

Ano                             Pastor Titular

1960 – 1963             Rev. Alfred Durand Sunderwirth

1964  - 1965             Rev. Benjamim Alves Ferreira

1966 -  1968             Rev. Rodger Wallace Perkins

1969 – 1970             Rev. Alberto Reoseres

1970 – 1971             Rev. Jaime Afonso Ferreira

1972 – 1973             Rev. Manoel Cavalcante

1973 – 1974             Rev. Benjamim Alves Ferreira

1974 – 1986             Rev. Jonathas de Souza Braga

1986 – 1987             Rev. Ricardo Barbosa de Souza, Rev. Wadislau Martins Gomes e Evangelista José Augusto Pedra

1987-1990                Rev. José Augusto Pedra

1991                         Sem Pastor

1992 – 1994             Rev. Dirceu Amorim de Mendonça

1994-2002                Rev. Ivan Alves Leão

2003-2006                Rev. José Pereira de Souza

2007 até hoje            Rev. Fábio Bezerra Lima

 

Primeiro Conselho da Igreja:

·      Presb. Joaquim Severino Carlos;

·      Presb. José Vitorino da Fonseca;

·      Presb. Sebastião Pilalga Rodrigues;

·      Presb. José Pedro Lima.

 

Primeira Junta de Diáconos da Igreja:

·        Adolfo Ferreira Souza;

·        Josué Gomes Brito;

·        Raimundo Benedito de Freitas;

·        Darcy Joaquim da Fonseca;

·        Valdir Santos.

 

A Igreja Presbiteriana em Sobradinho é mãe de muitas outras igrejas e ninho de mais de uma dezena de pastores que atuaram inclusive no exterior. As igrejas plantadas foram: IP Filadélfia (Planaltina-GO/1985); Congregação Maanaim (Planaltina-GO/1993); IP Boas Novas (Sobradinho-DF/1995); Congregação do Mestre D’Armas (Planaltina-DF/1995); Congregação do Vale do Amanhecer (Planaltina-DF/1995); Congregação Monte Sião (Sobradinho II –DF/1998); Congregação da Fercal (Sobradinho II –DF/2009).

Porém, não toda a história é composta de momentos de alegria e crescimento. A Igreja Presbiteriana em Sobradinho passou por momentos de perda e tristezas. Sofreu dois cismas que lhe causaram a diminuição da membresia e dissabores. Não obstante a isto, prosseguiu firme com membros e oficiais comprometidos e sempre superou suas dificuldades mercê da graça de Deus.

Em 2007, o Rev. Fábio Bezerra Lima é convidado para assumir o pastorado da igreja em substituição ao Rev. José Pereira. Com 28 anos de idade e vindo de 04 anos de pastorado na Igreja Presbiteriana do Chile, o Rev. Fábio segue pastoreando a Igreja Presbiteriana em Sobradinho até aos dias atuais.

Ainda em 2007, atendendo recomendações do Supremo Concílio da Igreja Presbiteriana do Brasil, a Igreja Presbiteriana em Sobradinho mudou de nome, por deliberação unanime de sua Assembléia, passou a chamar-se Primeira Igreja Presbiteriana em Sobradinho.

É toda a história desta Igreja. Seu rol ficou sempre em torno de 300 membros. Hoje somos cerca de 280 membros congregados. É um igreja cativante, musical, cheia de vida que prioriza a pregação fiel da Escritura como o ponto central do culto.

 

ATA DA FUNDAÇÃO DA IGREJA PRESBITERIANA DE SOBRADINHO (Transcrição)

Aos vinte e cinco dias de novembro de um mil, novecentos e sessenta e dois, às nove horas e quarenta e cinco minutos, no Templo provisório da Igreja Presbiteriana em Sobradinho, cidade satélite de Brasília, Distrito Federal, situado na Quadra seis Trecho CLI-22, Lote Especial, reunida congregação, que vem sendo pastorada pelo Reverendo James N. Wright, iniciaram-se os trabalhos de eleição de oficiais para a fundação e instalação da Igreja, usando da palavra do Pastor para a apresentação dos elementos componentes da Comissão nomeada pelo Presbitério de Brasília para presidir os trabalhos. A referida Comissão é composta dos seguintes membros: Rev. Eudaldo Silva Lima, Presbíteros Solon de Souza e Luthero Vieira. Tomando assento à mesa, o Rev. Eudaldo Silva Lima convidou os presbíteros mencionados para o acompanharem, solicitando que o abaixo assinado secretariasse a presente cerimônia. Orou o Presidente do Presbitério, fazendo logo a seguir a chamada à qual responderam as seguintes pessoas. Adolfo Ferreira Sousa, Alma Cole Wright, Alzenita Alves de Lima, Aparecida Ferreira de Sousa, Darcy Joaquim da Fonseca, Deuselina de Castro Fonseca, Delza da Costa Fonseca, Divina Gomes Sousa, Estevão Santana Chagas, Genilda Barbosa Fernandes, Guiomar Alves Gomes Godoy, Inácio Correia de Melo, Isaltina Gomes de Freitas, Esmael Pires de Oliveira, João Adriano Filho, Joaquim Alves da Paixão, José Pedro Lima, José Vitorino da Fonseca, Josino Gonçalves Pereira, Josué Gomes Pinto, Leonídio Viana da Silva, Loide Durães Souza, Luiza Fontes Silva, Manoel Queiroz, Maria das Dores, Maria Lemos, Maria Lucia Xavier, Marilene Nunes da Silva, Percilia Coutinho Sobrinho, Plascidina Hilário Carlos, Raimundo Benedito de Freitas, Rita Dorothy Preddice, Sebastião Pitaluga Rodrigues, Silvio Vitorino da Fonseca. Terezinha Santarém Rodrigues, Valdir Santos e Zelma Soares Gomes. Com a presença de trinta e sete membros, foi declarada aberta a sessão de eleição. O Rev. Eudaldo Silva Lima dirigiu à igreja palavras de exortação quanto à responsabilidade do ato, falando sobre a Igreja Presbiteriana e sobre os ofícios de Presbítero e Diácono, baseando as suas palavras em vários trechos das Escrituras Sagradas. Solicitou a manifestação da casa sobre o número de Presbíteros que deviam ser eleitos, decidindo-se por quatro, tendo sido apresentados os seguintes nomes para votação: Joaquim Severino Carlos, José Vitorino da Fonseca, Sebastião Pitaluga Rodrigues, Adolfo Ferreira Sousa, José Pedro Lima, Josué Gomes Pinto e Raimundo Benedito de Freitas. Procedendo-se a eleição por escrutínio secreto, foram eleitos: Joaquim Severino Carlos com 30 votos, José Vitorino da Fonseca com 22 votos, Sebastião Pitaluga Rodrigues com 30 votos e José Pedro Lima com 22 votos. Passou-se à eleição de Diáconos, tendo sido apresentados os seguintes nomes pela congregação: Adolfo Ferreira Sousa, Josué Gomes Pinto, Raimundo Benedito de Freitas, Darcy Joaquim da Fonseca, Valdir Santos e Josino Gonçalves Pereira, tendo sido eleitos os cinco primeiros, respectivamente com 33, 33, 26, 35 e 31 votos. O Rev. Eudaldo Silva Lima declarou eleitos os quatro Presbíteros e cinco Diáconos, orando pelos mesmos o Presbítero Luthero Vieira, sendo que os mesmos foram empossados, por imposição das mãos, às vinte horas do mesmo dia, em sessão especialmente convocada para esse fim no mesmo local. E, por ser tudo verdade, lavrei a presente ata que vai por mim assinada. Sobradinho, 25 de novembro de 1962, Luthero Vieira, secretário ad hoc.

Esta Ata foi transcrita por mim, James N. Wrigth, Presidente do Conselho da Igreja Presbiteriana em Sobradinho, e vai por mim assinada.

James N. Wrigth, Presidente

Sobradinho-DF, 25 de novembro de 1962

 

DOUTRINA

A doutrina da Primeira  Igreja Presbiteriana em Sobradinho adota como símbolos de fé a Confissão de Fé e os Catecismos Maior e Breve de Westminster, que foram compostos por uma grande e ilustre assembleia nacional de teólogos ingleses e escoceses, em Westminster, Inglaterra, de 01 de julho de 1643 a 22 de fevereiro de 1648.

Como Igreja Reformada temos as seguintes convicções sobre a Palavra de Deus: Cremos que o texto bíblico é um texto inspirado (2Timóteo 3.16-17). Quando afirmamos que a Escritura é inspirada, estamos afirmando a sua origem, ela foi soprada por Deus (2Pedro 1.20-21). Cremos que o texto da Escritura, em certo sentido, é um texto fechado. É fechado no que diz respeito à sua inspiração, mas temos que abri-lo para fazer com que outros o entendam. Cremos na relevân- cia da Escritura.

A igreja tem que ser orientada pela Escritura Sagrada. Ne- nhuma outra autoridade deve ser admitida como tendo a mesma autoridade das Escrituras. Nem a dos credos, nem das confissões ou mesmo da igreja.

 

GOVERNO

O nome Presbiteriana provém do termo grego “presbíteros” (presbítero ou ancião) e indica a nossa forma de governo eclesiástico. A Igreja Presbiteriana é governada de- mocraticamente por um Conselho, constituído de um grupo de presbíteros, os ministros do governo, eleitos pela própria igreja (Atos 14.23; Tito 1.5) e de um pastor ou pastores, mi- nistros da Palavra, especialmente vocacionados para se de- dicarem à oração, estudo, pregação e ensino da Palavra de Deus (Atos 6.2,4; e 1Timóteo 5.17). As funções principais do Conselho são: preservar a pureza do Evangelho e zelar pela edificação espiritual dos membros da igreja, conforme as Es- crituras. Além de presbíteros, a Igreja Presbiteriana também elege diáconos, os ministros da assistência, para assistirem ao Conselho na realização de atividades necessárias à exis- tência da igreja; à realização dos cultos e ao bem-estar dos membros (Atos 6.3; e 1Timóteo 3.8).

 

CELEBRAÇÕES

Em nossa comunidade tudo é motivo de celebração. Somos uma igreja que tem procurado viver no mesmo espírito da igreja do primeiro século, tentado colocar em prática o texto de Atos 2.42: “E perseveravam na doutrina dos apóstolos e na comunhão, no partir do pão e nas orações”.

Domingo:

Culto matutino e Escola Bíblica às 10h00.

Culto Solene às 19h30.

Quarta-feira:

Séries de Estudos Bíblicos às 20h00.

Sábado:

Reunião das Sociedades Internas às 20h00

* Nossa forma de culto segue o espírito Reformado da brevidade e simplicidade.

 

História da IPB

Institucional da IPB História da IPB 156 Anos da IPB A história do Presbiterato Panorama Bíblico e Histórico

Louvor e Adoração

Então caí - Projeto Sola Confiança - Projeto Sola Anjos de Adoração - Até você chegar Raízes na PIPS

Palavra Antiga

Vem Me Socorrer Esperar é Caminhar Rookmaaker Pensei

Boletim digital da PIPS.

Nome:
Email:

Mapa da PIPS